Publicado por: dercio | Fevereiro 26, 2008

Toca Race Driver 3

250px-toca_race_driver_3_cover.jpg

TOCA Race Driver 3 é um jogo que tem na variedade seu ponto forte. Com 70 carros, 80 pistas e, principalmente, mais de 35 modalidades de corrida – cada um deles com uma característica de direção própria -, traz um volume imenso de conteúdo, além de modalidades online cheias de opções. Mesmo quem não está muito acostumado com o estilo mais para simulador tem chances de aprender com algumas das facilidades que o jogo oferece.
TOCA Race Driver 3 possui duas opções diferentes para o modo de carreira. A primeira se chama World Tour, em que o jogador encara diversas modalidades de corridas até chegar à categoria máxima. As modalidades incluem desde caminhões com 18 eixos até a Fórmula-1, passando por Indy, Karts e DTM, dentre as mais de 35 disponíveis.
Entre uma fase e outra há cenas não-interativas, que, se não são das melhores se visto pelo ângulo tecnológico, proporcionam um pouco de humor devido às falas de seu chefe de equipe e mecânico. Às vezes, seu adversário vem reclamar de você, principalmente depois de corridas mais tumultuadas. Mas não espere encontrar um enredo muito estruturado.


Já o modo Pro Career é um campeonato completo para cada categoria de corrida. Aqui, as modalidades estão agrupadas por temas, como a Classics, que engloba tempos passados do automobilismo e alguns nem tão remotos assim, como a modalidade em que você comanda os carros de Fórmula-1 da equipe Williams na década de 80 e 90, quando era uma potência da categoria. A progressão segue a mesma filosofia do World Tour: começa-se em disciplinas mais cadenciadas para ir subindo de dificuldade a cada etapa. Outros temas incluem carros tipo Fórmula, Touring Car, Gran Turismo e até um dedicado exclusivamente à marca Honda, cuja maior estrela é o modelo NSX.
A colisão entre os carros também pode causar efeitos devastadores, além de descontrolar o veículo. “TOCA Race Driver 3” conta com uma programação de danos bastante apurada. Os bólidos se deformam dependendo do local e intensidade da colisão, que podem causar danos em locais que podem não ser visíveis, mas prejudicam o desempenho.
As pistas também seguem o desenho fiel das localidades verdadeiras, como as famosas Laguna Seca e Nürburgring, e o destaque fica por conta das texturas do asfalto, ainda que meio lustrosas – parece que a pista toda está encerada. O fluxo de tela é extremamente “macio”, em torno de 60 quadros por segundo, mesmo com vinte carros sendo controlados pelo computador. Nos modos online, a taxa cai para a metade. Os gráficos mais definidos estão no PC.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: